Excesso de conteúdo em tempos de pandemia

excesso de conteúdo em tempos de pandemia

Fala, pessoal! Tudo bem com vocês? Essa semana o tema é conteúdo. Em tempos de pandemia, estamos em alerta e precisamos nos resguardar, ficar em casa e procurar cumprir da melhor formas as medidas para evitar o contágio do Covid-19, o novo Coronavírus. Ilhados, empresas estão adotando modelos de trabalho remoto, representantes de estado estão buscando conter a população e apenas serviços essenciais estão funcionando.

De fato, é enlouquecedor. Crianças em casa, poucas atividades, muitas notícias e números mortes e casos confirmados que só crescem. Por outro lado, estamos nos virando para buscar entretenimento, estudar, conversar e compartilhar experiências com nossos amigos e familiares.

Nessa busca, uma gama de opções. Os criadores de conteúdos, empreendedores, artistas e influenciadores estão se desdobrando para conseguir a atenção de quem está em casa. São conteúdos que vão de vídeos novos, lançamento de músicas, shows online, cursos compartilhados. Até mesmo plataformas de streaming como Netflix, HBO disponibilizaram conteúdos de graça no Brasil. Há também casos de antecipação da chegada de filmes nos catálogos, devido a impossibilidade de abrir cinemas.

No CBN Inovação desta semana:

No CBN Inovação desta semana, vamos falar sobre o excesso de informação e a atuação de grupos e pessoas na tentativa de buscar audiência durante esse movimento. O que é pertinente? Num momento como esse o que e como deve ser consumido? E que estratégias é possível identificar nessa comunicação desenfreada?

São diversos meios e formas de chegar a um público, estamos buscando inovar também na forma que recebemos. Mas, é preciso entender até que ponto estamos nutrindo excesso. Além disso, como as empresas conseguiram se fortalecer através desses meios e como podem superar uma eminente crise com a ajuda do digital e do tecnológico.

Precisamos ficar calmos!

Antes de mais nada precisamos nos tranquilizar. O sentimento é de pânico, mas já havíamos falado aqui sobre o que é esse vírus e trouxemos dados importantes para que saibamos que, apesar da grandeza, nós já passamos por outros surtos que marcaram nossa existência.

Com dados, apresentamos argumentos com fontes internacionais como a Organização Mundial de Saúde, World O Meters, Our World in Data, Information is Beautiful, sites italianos como o Lab24, entre outras tantas fontes. Muitos dos gráficos que foram apresentados foram atualizados em tempo real e caso você tenha dificuldade de entender as informações em inglês você pode instalar o browser Chrome e o plugin de tradução gratuito Google Tradutor. Vale a leitura para tentar se acalmar.

Além disso, precisamos pensar. Afinal, o desespero pode mais nos atrapalhar do que fazer que enxerguemos a possibilidade de melhora e de construir mecanismos para sair do aperto, seja pessoalmente ou seja dentro de nossas empresas.

Contéudo bom é contéudo de qualidade

Com calma, agora podemos pensar também no que fazer com o período de ócio e aprisionamento. Porque, certamente, você deve está seguindo a recomendação de que o melhor a se fazer agora é ficar em casa. Não saia! Cuide dos seus e pense também em pessoas que estão no grupo de risco. No meu caso, tenho em casa uma criança, meu filho, e uma senhora, minha mãe. A minha função é fazer de tudo para que eles sejam mantidos seguros e longe das ruas onde há possibilidade contaminação é grande.

Todos em casa e já percebemos que os criadores de conteúdo estão se virando. Na ânsia de realizar alguma tarefa, precisamos ser filtros. Tem música, tem curso, tem debate e entrevistas, mas vale ressaltar que nem todo conteúdo pode trazer qualidade (e tranquilidade) para quem o consome. Já é um momento delicado em que os canais de TV estão todos voltados a monitorar a situação de hospitais e conseguir cobrir a quantidade de casos que aparecem exponencialmente. É nesse momento que nos refugiamos nas redes e já é perceptível o número de produção que cresceu nos últimos.

De humor a cursos online, perceba o que é importante agora. Se você está buscando se especializar, aproveite a situação para estudar e buscar conhecimento. Assim, leia, veja vídeo aula e busque os cursos que estão sendo disponibilizados gratuitamente. Se para você é hora de desopilar e precisa se acalmar, mergulhe nos conteúdos de entretenimento. Em síntese, conteúdo tem mas é importante não cair em armadilhas para si mesmo e se afogar mais em informações e contribuir para uma possível ansiedade. Vamos em frente, buscando o melhor para nós e para quem está a nossa volta.

Conteúdo para empresas resistirem

Para quem trabalha com e-commerce, delivery ou no comércio digital de alguma foram, o momento é de pensar estrategicamente em atrair cada vez mais seus clientes e unir conteúdo ao serviço ou produto. Muitas das empresas estão abraçando a causa e montando estratégias de conscientização, através de vídeos, imagens, dinâmicas, sorteios. A ideia é fazer com que as coisas entrem na normalidade e o consumo não caia, afinal precisamos nos manter e manter os empregados.

Fora isso, é o momento de ser mostrar humano também. Aqui sempre trago que o que nos torna diferentes é nos afastarmos do mecânico e dialogar com o cliente e com quem trabalha conosco de forma horizontal, para que juntos consigamos ir além. Até porque o lucro nos interessa, mas a fidelidade é o que importa. Numa situação como a que estamos vivendo agora, precisamos que os fiés estejam cada vez mais do nosso lado e montar medidas para que os novos entendam que trabalhamos com qualidade também.

Empresas que trabalham com o mercado de alimentício estão investindo para além do conteúdo através do sistema delivery. Todos estão buscando usar da criatividade para resistir. Enquanto estamos em casa, nos refugiando em quarentena, precisamos comer, nos vestir, nos divertir, estudar. Para isso, precisamos de serviços rápidos, ágeis e eficientes. Mesmo que o surto atinja milhares, precisamos pensar que nós continuaremos existindo e que o cenário de caos não pode nos engolir.

Vamos vencer!

Pensando em driblar toda essa turbulência, estamos à postos para levar conteúdo de qualidade e com sua participação para as redes. Todos os dias estamos construindo pontes e reunindo dezenas de grandes nomes do cenário nacional do empreendedorismo para trazer conteúdo de relevância. A ideia é nos justarmos e com profissionais tirarmos dúvidas, levantar reflexões e produzir uma cadeia de conhecimento que pode nos mostrar uma luz no fim do túnel. Já recebemos nomes com Joyce Hauschild, jornalista e produtora da Rádio CBN, que direto do paquistão comentou os impactos dos avanços do coronavírus num aspecto internacional. Falamos ainda com Edson Mackeenzy, um dos melhores mentores do mundo, sobre hacks de inovação.

E não para por aí! Esses foram alguns dos primeiros nomes que participaram das lives diárias. Recebemos ainda Caio Maia, fundador da Chilli Beans e um dos Sharks do Brasil, para falar sobre como lidar com a crise. Foi um bate papo épico com um público gigante tirando dúvidas e debatendo de que forma podemos vencer e pensar novas possibilidade de manter os negócios à ativa.

Um é bom mas dois nos leva a vencer mais rápido

O negócio fez sucesso e agora temos lives duas vezes ao dia! O que era bom ficou ainda melhor, até porque você pode ficar tranquilo. Deixamos salvas as lives que acontecem todos os dias às 13h e à noite, a partir das 18h, temos encontros especiais com outros grandes nomes.

Reunimos informações atualizadas, seguras, e mais do que isso tranquilizadoras para que possamos nos abastecer de um conteúdo completo e simples através de uma conversa aberta. Tenho certeza que vamos passar por esse momento com inteligência, clareza e objetividade. Quanto mais nos dermos a mão, mais contruíremos correntes para superar adversidades.

De fato, vamos passar por um momento econômico preocupante e uma devastação em massa dos negócios, mas sozinhos sofreremos mais. Lado a lado, nos reerguemos mais rapidamente e podemos mudar e reverter esse quadro. Quem se alinhou conosco nessa iniciativa foi a Polo Palestrantes, maior agência brasileira no setor. Através dessa parceria duplicamos a dose e conseguimos chegar mais facilmente em outros nomes de peso.

Fica ligado! Se você não é empreendedor, esse conteúdo é para você também. São temas como: Saúde mental em tempo de coronavírus, infoprodutos, aprendizados sobre a pandemia direto da Itália, eficácia em isolamentos, como pensar os negócios no modelo sustentável, personal branding e muito mais!

Confira os nomes que estão nesse time:

  • Marcelo Bohrer – Floripa Conecta
  • Claúdio Nascimento – Diretor de Tecnologia da Prefeitura de Olinda
  • Edson Mackeenzy – Diretor de investimentos da The Venture City
  • Luis Soto- Ceo da Agência de Lançamentos de Marke-TI
  • Aldo Pacheco – CEO UAU Commerce
  • Hellen Grasso – CEO Ela Virou o Jogo
  • Aline Arruda – Psicológa
  • Caito Maia – Fundador da Chilli Beans
  • Keke Roseberg – TEDX do Banco do Nordeste
  • Felipe Bazon – Especialista Mundial em SEO
  • Renato Castro – Especialista em Smart City
  • Gil Giardelli – Professor Global de MBA
  • Santos Neto – CEO Fly High Intercâmbios
  • Rodrigo Bosshard – Mentor de Negócios

E tem muito mais! Estamos só começando. Temos muito trabalho pela frente e a sua participação enriquece nossas discussões. Tire suas dúvidas, utilizando todos os canais necessários. Aqui ou em qualquer outra rede social, você pode entrar em contato comigo e compartilhar suas ideias, seus comentários, sugestões e perguntas. Afinal, o que estamos fazendo agora é para que você esteja munido de conteúdo bem estruturado e pensado.

Não tenha medo! Tenha coragem para que juntos possamos unir forças e contar depois que conseguimos e lutamos com todas as melhores armas que tínhamos, mas a maior delas usamos a nossa favor: Conhecimento. Educação é a chave para tudo. Como educador acredito puramente que se a gente espalhar por aí informação necessária e construtiva, não só ganharamos essa batalha, mas estaremos pensando em próximas gerações, em novos empregos, em novos cursos, em arte, em empresas com própositos fortes e gigantes, em empreendorismo.

Empreender é inovar, é pensar para além de um quadrado, de uma crise, de um vírus ou de uma tensão. É pensar em juntar todas as partes numa máquina que tudo produz e por tudo pensa. Faça parte desse time, faça um café, se junte a nós. Conteúdo bom é conteúdo de qualidade, e fazer isso através de diálogos pode ser transformador.

É uma revolução para além da crise

Conhecimento é revolução, inovar é revolução. Costumo dizer que o mundo não gira ao contrário. Estamos caminhando para uma grande revolução que não diz respeito ao coronavírus. Consumir puramente através das redes é só mais uma de tantas mudanças que já aconteceram e que vão acontecer.

Teremos que ser ágeis para acompanhar tanta transformação e entender que elas são necessárias para que continuemos fazendo parte desse sistema. Teremos que nos permitir adentrar em novas possibilidades sem deixar de lado a nossa humanidade, claro. O que, nesse caso, é uma tarefa bem difícil. Precisaremos nos adaptar ainda melhor à vida e ter uma relação mais simples com os nossos bens.

Te convido a conhecer o livro “Economia Criativa 4.0- O mundo não gira ao contrário” onde há diversas reflexões e pesquisa à respeito desse novo movimento. No livro, escrito por mim, a palavra chave é disrupção para enxergar como a evolução da inteligência artificial afeta todas as áreas da indústria criativa.

A revolução propiciou que telefones fossem atendidos por softwares, por exemplo, e que GPS nos levem a lugares e nos diz o melhor caminho para chegar. Esses são apenas alguns exemplos que nos mostram como nossa vida se tornou dependente de inteligências alheias.

Inglês Espanhol Português

Participe do nosso debate

Esperamos que você tenha gostado do nosso bate papo sobre trabalho remoto com a nossa participação na CBN. Estamos de cara nova, equipe maior e ainda mais capacitada para buscar o melhor para te ajudar.

Se você gostou das dicas, encaminhe para seus amigos, colegas de trabalho, familiares. Essa sua contribuição fará com que possamos continuar seguindo firme na construção de conteúdos de qualidade.

E, claro não esqueça de participar do debate. É uma honra compartilharmos juntos experiências e trocarmos figurinhas nesse momento revolucionário.

Te convido também a seguir minhas redes sociais. Você poderá me encontrar no Youtube, LinkedIN, Facebook e Instagram.

Um forte abraço e #VamosEmFrente!

No comments
Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.