Será que vale mesmo a pena economizar água?

Durante os últimos dias as notícias vem anunciando o caos hídrico que principalmente o Centro-Sul do Brasil enfrentará. As chuvas não serão suficientes, afirmam os estudiosos, em 2015 . E o que faremos?

Infografico-Sabesp-ConsumodeAgua

Essa dúvida vem atormentando muita gente. Aqui no Nordeste já convivemos com esse cenário a séculos. Realmente não é nada fácil escutar os relatos de amigos ou familiares comentando a morte de animais, das lavouras e nenhuma gota d’água cai do céu.

Nas redes sociais circularam muitos infográficos diferentes sobre a crise hídrica. Um específico me chamou muito a atenção. Um político apresentou dados da Agência Nacional das Águas (ANA) informando que o impacto que eu e você causam no montante de gastos reflete apenas 6% do total. Isso mesmo. A agricultura consome 72% no Brasil e mundialmente cerca de 65%. Já as indústrias consomem cerca de 22% aqui e 17% no mundo. Os dados da Universidade de Michigan que eu apresento acima não destoam tanto do cenário do Brasil mas me fez pensar muito: Será que todas essas campanhas que estão fazendo para que eu economize água no meu cotidiano realmente são benéficas?

Infografico-ZeMaria-Agua

Pesquisei um pouco mais e fiquei perplexo com alguns dados que surgiram. Segundo a Sabesp para produzir 1KG de carne bovina são necessários 17.100 litros de água, por exemplo. O infográfico já responde várias dúvidas que temos mas minha dúvida continua: Vale a pena mesmo economizar água visto que outros setores da economia gastam muito?

O empreendedorismo deve entrar em cena exatamente nesse momento. Inúmeros exemplos são vistos em outros países que não possuem a abundância que temos de água e vivem – apertados mas vivem. Israel é um dos exemplos mais citados onde utilizam água do mar e reutilizam água de esgoto. Lá é uma questão de necessidade visto que eles não tem de onde tirar. Em lugares como Texas, nos EUA, alguns agricultores estão preferindo vender água a plantar. A rentabilidade é bem maior!

Precisamos realmente enfrentar o tema. Esse problema precisa ser encarado de frente. É necessário educar a todos sobre as possibilidade de utilização de forma mais consciente principalmente na base: jovens e crianças. Espero que a mesma preocupação que eu estou tendo seja do amigo empresário da indústria e da agricultura. Os dados demonstram que eles, além de economizar, podem nos ajudar. Vamos torcer.

No comments
Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *