Você está pronto para deixar de usar o WhatsApp?

WeChat

Quem conhece um pouco da história da Informática deve lembrar de inúmeros casos de aplicativos ou sistemas que as pessoas nunca imaginariam serem substituídos. Também existem casos inusitados como o Orkut que teve uma alta penetração em alguns países como Índia e Brasil e em outros ninguém nem se deu conta da existência.

Um dos artifícios tecnológicos que tem favorecido o crescimento dos smartphones é a utilização de serviços de mensagem e, como não é novidade no Brasil que é um dos maiores utilizadores de Internet do mundo, o WhatsApp é um sucesso de audiência.

Em 2015 uma das tendências é que os serviços de mensagens ampliem seu poder no momento que eles se transformarem em plataformas. A ideia é que você possa jogar, interagir com pessoas desconhecidas, realizar compras. Então prepare-se: a competição vai ficar ainda mais acirrada. Um exemplo disso é por exemplo a campanha da operadora de telefonia TIM que apostou em um plano focado em usuários de Whatsapp. As empresas querem que você cada vez mais fique conectado.

No Brasil estamos acostumados com Whatsapp e o Messenger, do Facebook, mas pelo mundo existem competidores apostando alto. Na Ásia, o Line e o WeChat estão com tudo. O WeChat, por exemplo, afirma ter mais de 1 bilhão de usuários em seu banco de dados e domina o mercado chinês. Entre a turma mais jovem o Kik domina a EUA, Canadá e muita gente da Europa. Os mais preocupados em não deixar rastros usam o Snapchat, o Instagram lançou uma atualização para que você possa trocar mensagens privadas. “O mercado não para, o mercado só cresce”, diria o saudoso Chico Science.

Como o mercado de tecnologia, muitas vezes, acaba se voltando para estratégias de Benchmark então todos acabam buscando suas formas de trabalhar as oportunidades de cada mercado. Com toda certeza o Facebook entrou nesse jogo tanto para ter acesso ao conteúdo das conversas dos usuários do WhatsApp (e poder interagir com suas estratégias de direcionamento de propaganda) como não perder de vista o avanço deste mercado que é extremamente promissor.

Veremos muitos episódios desse debate em 2015. E você: está pronto pra usar outro concorrente do ‘Zap-Zap’?

No comments
Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *